9 de mar de 2011

Verão: a saga por uma sombra!

Adoro Sol, calor, verão, mas aqui em Salvador, neste verão, se você ficar mais de um minuto na sombra, já valeu o bronze!!! Tá demais!!!!!! Calorzããããããããooooo....

Aproveitando o feriadão de carnaval fui mergulhar num lindo mar de Itacimirim, aqui na Bahia! Que lugar lindo!!! Tirando o precinho da barraca, mais salgado que o mar, tudo maravilha.

Mas preciso contar minha odisséia por uma sombra.

Fomos eu, minha irmã e duas amigas dela para Itacimirim (praia do litoral baiano), maravilha... mas, já chegando, é aquela visão maravilhosa para estacionar, Jesus... acho que o fim do mundo não vai ser com o meteoro da paixão, digo, do espaço caindo sobre nossas cabeças, "quee naaadaaaa", vai ser é do povo se degladiando por uma vaguinha!!! Sério, fico tentando entender se o povo esqueceu daquela aulinha básica de física "dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço". Por que será que as pessoas tentam a todo custo quebrar essa máxima... bem, conseguimos uma vaguinha na barraca de praia (R$2,00 se consumirmos no restuarante ou R$10,00 se fizermos a boquinha com a tia do queijo, digo, não consumirmos nada na barraca).

Massa, legal, mas ... até hoje espero Sandro chegar para podermos conseguir a nossa mesa (ele é o responsável por colocar todo mundo sentadinho nas mesas da barraca com seus devidos guarda-sol e sombreiro). Enquanto apreciavamos aquela visão maravilhosa do mar de gente, nada do Sandro, logo, tivemos que ficar na areia, apreciando o mar e os barquinhos, porém tinha um detalhe... o sol estava torrando os meus poucos neurônios que a OAB me deixou, não, eu não ia conseguir ficar sentada na areia torrando feito queijinho na brasa. Então, "eis que no meio do deserto do saara, surgi ela Dalila" kkk ops, desculpa, é o efeito ainda do carnaval... mas eu vejo, bem distante, lá na barraca, uma turma que se preparava para ir embora, não pensei duas vezes, vesti meu short (afinal ninguém merece apreciar tamanha globeleza correndo areia afora) e sai parecendo um bife à milanesa de tanta areia pelo meu corpo. Só lembrava da famigerada música "corre, corre mulher maravilha.." (versão light). Sabe o oásis? era o que eu enxergava, parecia que eu não ia conseguir, ainda mais que por fora vinha no mesmo desespero uma menina em busca daquela tão sonhada mesa e sombra, mas, apesar de todos meus pneus de pista seca, consegui chegar a tempo de falar com o atentende que ali havia uma baiana desesperada por sombra e água fresca. E, dali não saio, dali ninguém me tira!!! : )

Depois da corrida, tudo beleza, e ainda tinha o "descontão" do estacionamento, afinal de contas o acarajé nosso de cada dia está custando "os olhos da cara" kkkkk.

Vejam minha carinha de felicidade em meio a sombra e água fresca:

P.S.: eu não poderia deixar de contar para vocês sobre "19", ai Deus, tô rindo só de lembrar....
Fomos deixar as amigas de minha irmã no condomínio que elas estavam durante o carnaval, e eis que surge "19 - o porteiro".
"Moço, vim deixar o pessoal na casa de Alexandre", diz minha irmã
"Quem? Vocês querem entrar?" - fala o porteiro, ainda na portaria com cara de quem estava tirando uma sonequinha.
" Não, só queríamos saber se Alexandre -o grande, mora aí e já vamos embora" - falei baixinho - tolerância zero kkkk
Então, 19 desce da portaria e vem até o carro e pergunta " a senhora vai para onde, na casa de quem?"

Mas aí foi que o negócio desandou de vez kkkkkkkkk (falta de compreensão de texto é dose)
"Casa de Alexandre, que foi alugada por X, que está com Y, blá-blá-blá..." minha irmã repete.
" a mesma vai  na casa de ...." fala 19 no rádio com o companheiro de guarita.
" Não tem ninguém com esse nome 19" - fala o rádio
" É Cida, mulher de Y, que está na casa de X, que foi alugada por Alexandre", minha irmã fala de novo
"Não, é ALESSANDRA" - corrige a amiga de minha irmã.
" A casa foi alugada pela mesma 19?" Pergunta o outro porteiro, já irritado... eu não tenho como saber para olhar na lista se não tiver o nome correto.

Acho que todo o alfabeto foi soletrado e nada de achar a dita casa. Eis que a voz do rádio, já sem muita paciência com 19 e com a gente, quase pedindo para ele e todo mundo sair, no estilo Capitão Nascimento de ser, diz:
" 19, tem mais três mulheres dentro do carro, pega o nome delas para ver se não acha na lista de visitantes"
A amiga de minha irmã, já nervosa diz:
" Eu  estava ontem aí dentro, saí para ir à praia, tomar sol... as meninas vão só nos deixar..."
" Ah... nem precisava disso tudo", diz um aliviado 19.... " se a senhora tivesse me dito que a mesma estava lá dentro já tinha aberto o portão"... então conseguimos entrar.

Ri muito, porque até agora estou tentando entender a lógica de 19, como é que ela (a mesma) estava lá dentro, se ela (a mesma) estava ali fora?!! Coisa doida... e ninguém tinha bebido não!! Imagina se tivéssemos tomado todo o sol na moleira... as mesmas estaríam ainda na portaria tentado explicar a 19  que a gente só ia deixar a mesma lá dentro.
ai,ai...

Só se ver na Bahia, ADORO!!!!!
bjusss
*-*
post.body

2 comentários:

  1. Marcinha, vc é figura mesmo! hahaha
    Calorrr vc precisa ver é aqui na chapada, as pedras estão quase derretendo e nós quase todos fritos kkkkkkkkkk
    bjão...
    Geisa

    ResponderExcluir
  2. Nossa...que saga!!!! Até eu dei boas risadas aqui...kkk...
    Bjks, adorei seu blog. Estou te seguindo!!

    ResponderExcluir